Compartilhando conquistas e resultados
"Interativa group"
|
 

Seja Bem Vindo ao nosso Site!

UM POUCO SOBRE NÓS


A Interativa Group, está no mercado de perícias desde 1992,

onde através de uma equipe multiciplinar de Engenheiros, Auditores e Advogados,

já atendeu diversas empresas, do ramo de Supermercado e Indústria.

Através de nossas soluções, nossos clientes puderam recuperar com segurança e tranquilidade, Créditos Tributários de:

ICMS, PIS, COFINS, IRPJ , CSSL e de INSS,

onde desta maneira:

Reduziram sua Carga Tributária, Aumentaram seus Lucros e Melhoram seu Fluxo de Caixa.

Isto é o que sempre fizemos ao longo destes quase 30 anos de Mercado e continuaremos

fazendo a nossos clientes.

Veja abaixo algumas de nossas soluções:

LAUDO TÉCNICO DE ENERGIA ELÉTRICA

- Do Direito ao Crédito de ICMS de Energia Elétrica:

Industrias, Supermercados ou Comercio que tenham setores fabricação de produtos em suas atividades diárias, onde estes produtos, são tributados pelo ICMS em suas saídas, podem fazer o aproveitamento dos créditos de ICMS, destacados nas notas fiscais de Energia Elétrica.

- Base Legal: Lei Complementar 87/96, 102/2000 c.c. Decisão Normativa CAT 01 de 2001 e 01 de 20007 da SEFAZ/SP.

- Finalidade do Laudo: Formar Prova Antecipada, que comprove, através de perícia in loco, realizada por perito imparcial, desimpedido e credenciado pelo CREA, que a empresa tem processo industrial em suas atividades, bem como, apontar o índice correto que a empresa poderá se apropriar do crédito de ICMS, referente a Energia Elétrica que é consumida nos processos industriais deste, cujo os produtos fabricados, são tributados pelo ICMS em suas saídas.

Isto porque, este é o meio,  mais correto, seguro e tranquilo, que a empresa poderá se utilizar, para se apropriar em sua escrita fiscal, dos créditos de ICMS, sobre Energia Elétrica que lhe são de direito, de acordo com os entendimentos jurisprudenciais do T.I.T. - Tribunal de Impostos e Taxas do estado de São Paulo.

Ademais, este direito probatório está amparado nos seguintes dispositivos normativos: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ /SP, nos artigos 18 e 19 da Lei 13.457/2009, nos artigos: 369, 373, 381, 434, 464, ambos, do Novo Código de Processo Civil.


Saiba mais

 

LAUDO TÉCNICO DE COMBUSTÍVEIS

- Do Direito ao Crédito de ICMS de COMBUSTÍVEIS:

Industrias, Supermercados ou Comercio que utilizam de sua frota de veículos, para promoverem as entregas de mercadorias que são comercializadas por esta, estão autorizados a se apropriar dos créditos de ICMS, sobre as aquisições de combustíveis que são consumidos por estes veículos.

- Base Legal: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ/SP e artigo 272 do RICMS.

- Finalidade do Laudo: Formar Prova Antecipada, que comprove, através de perícia in loco, realizada por perito imparcial, desimpedido e credenciado pelo CREA,que a empresa: a) - realiza as entregas das mercadorias comercializadas; b) - que realmente utiliza-se de seus veículos, para promover as referidas entregas; c) - que estes veículos, realmente consomem os combustíveis que são adquiridos através desta; e; d); apontar o índice correto, que a empresa deverá adotar para os referidos aproveitamentos de créditos de ICMS, sobre a aquisição de combustíveis.

Isto porque, este é o meio,  mais correto, seguro e tranquilo, que a empresa poderá se utilizar, para se apropriar em sua escrita fiscal, dos créditos de ICMS, sobre Combustíveis que lhe são de direito, de acordo com os entendimentos jurisprudenciais do T.I.T. - Tribunal de Impostos e Taxas do estado de São Paulo.

Ademais, este direito probatório está amparado nos seguintes dispositivos normativos: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ /SP, nos artigos 18 e 19 da Lei 13.457/2009, nos artigos: 369, 373, 381, 434, 464, ambos, do Novo Código de Processo Civil.


Saiba mais

LAUDO TÉCNICO DE EMBALAGEM

- Do Direito ao Crédito de ICMS, PIS e de COFINS de EMBALAGENS:

Industrias, Supermercados ou Comercio que tenham setores fabricação de produtos em suas atividades diárias, onde estes produtos, são tributados em suas saídas, que acondicionam estes produtos em embalagens diversas, estão autorizados a se aproveitarem dos créditos de ICMS, de PIS e de COFINS, sobre as entradas destas EMBALAGENS.

- Base Legal: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 e 01 de 20007 da SEFAZ/SP, LEI 10.637/2002 e 10.833/2003

- Finalidade do Laudo: Formar Prova Antecipada, que comprove, através de perícia in loco, realizada por perito imparcial, desimpedido e credenciado pelo CREA, que a empresa: a) - tem processo industrial em suas atividades ; b) - que para acondicionar os produtos fabricados são utilizadas varios tipos de embalagens; e; c) - apontar o índice correto que a empresa deverá utilizar nos atos dos referidos lançamentos creditórios.

Isto porque, este é o meio,  mais correto, seguro e tranquilo, que a empresa poderá se utilizar, para se apropriar em sua escrita fiscal, dos créditos de ICMS, PIS e COFINS sobre as entradas de EMBALAGENS que lhe são de direito, de acordo com os entendimentos jurisprudenciais do T.I.T. - Tribunal de Impostos e Taxas do estado de São Paulo e do CARF - Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

Ademais, este direito probatório está amparado nos seguintes dispositivos normativos: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ /SP, nos artigos 18 e 19 da Lei 13.457/2009, nos artigos: 369, 373, 381, 434, 464, ambos, do Novo Código de Processo Civil.


Saiba mais

LAUDO TÉCNICO DE GÁS (GLP) 

- Do Direito ao Crédito de ICMS, PIS e de COFINS sobre as entradas de GLP:

Industrias, Supermercados ou Comercio que tenham setores fabricação de produtos em suas atividades diárias, onde estes produtos, são tributados pelo ICMS em suas saídas, podem fazer o aproveitamento dos créditos de ICMS, PIS COFINS sobre as notas fiscais de GLP.

- Base Legal: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 e 01 de 20007 da SEFAZ/SP e artigo 272 do RICMS, Lei 10.637/2002 e Lei 10.833/2003.

- Finalidade do Laudo: Formar Prova Antecipada, que comprove, através de perícia in loco, realizada por perito imparcial, desimpedido e credenciado pelo CREA, que a empresa tem processo industrial em suas atividades, bem como, apontar o índice correto que a empresa poderá se apropriar do crédito de ICMS, PIS e de COFINS referente as aquisições de GLP ;consumidos nos processos industriais deste, cujo os produtos fabricados, são tributados pelo ICMS,PIS E COFINS em suas saídas.

Isto porque, este é o meio,  mais correto, seguro e tranquilo, que a empresa poderá se utilizar, para se apropriar em sua escrita fiscal, dos créditos de ICMS, PIS e de COFINS sobre GLP que lhe são de direito, de acordo com os entendimentos jurisprudenciais do T.I.T. - Tribunal de Impostos e Taxas do estado de São Paulo e do CARF - Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

Ademais, este direito probatório está amparado nos seguintes dispositivos normativos: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ /SP, nos artigos 18 e 19 da Lei 13.457/2009, nos artigos: 369, 373, 381, 434, 464, ambos, do Novo Código de Processo Civil.

Saiba mais

 

LAUDO TÉCNICO DE DESOSSA

- Do Direito a Deduzir no IRPJ e CSSL, as Perdas e Quebras, sofridas no processo industrial:

Industrias, Supermercados ou Comercio que tenham setores fabricação de produtos em suas atividades diárias, que sofrem Perdas e Quebras nestes processos produtivos, podem deduzir no IRPJ e na CSSL, as demais perdas e quebras.

- Base Legal: artigos: 260, 285, 303 e 603, ambos do Decreto 9.580 de 2018.

- Finalidade do Laudo: Formar Prova Antecipada, que comprove, através de perícia in loco, realizada por perito imparcial, desimpedido e credenciado no seu orgão de classe, que: a) - a empresa tem processo industrial em suas atividades, b) - que nestes processos industriais realmente sofrem perdas e quebras; e; c) - apontar o índice correto que a empresa poderá deduzir no IRPJ e CSSL, as referidas Perdas e Quebras.

Isto porque, em nosso entendimento, este é o meio,  mais correto, seguro e tranquilo, que a empresa poderá se utilizar, para deduzir em seu IRPJ e CSSL, as Perdas e Quebras em seus processo produtivos, que lhe são de direito, de acordo com os entendimentos jurisprudenciais do CARF - Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

Ademais, este direito probatório está amparado nos seguintes dispositivos normativos: Decisão Normativa CAT 01 de 2001 da SEFAZ /SP, na Lei 70.235/2002, nos artigos: 369, 373, 381, 434, 464, ambos, do Novo Código de Processo Civil.

Saiba mais

 

 

 

Conheça nossos clientes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum resultado encontrado!

Email
interativa@interativagroup.com.br

   

Central de Atendimento
São Paulo /SP:(11)4872-2368

Celular:(11)9.4373-4935 

Barretos/SP: (17)3043-6857

Celular:(17)9.9191-3179

   

Horário de funcionamento
Segunda à Sexta de 8h as 18h

   

Endereços
São Paulo/SP
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1811, conj.918, 9º andar
Jd. Paulistano, São Paulo - SP
CEP: 01452 - 001


Barretos /SP
Rua 20, 2480
Fortaleza
CEP 14783-242

Fale Conosco!

Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica a fazer? Então entre em contato conosco. Suas dúvidas serão esclarecidas e sua opinião é fundamental para o nosso aperfeiçoamento.

Tecnologia do Google TradutorTradutor